Existem outras alternativas para cortar os gastos, que não a PEC 241